Depoimento do Daniel, após seu exame para 3º kyu – faixa azul.


Oi, meus amigos.

Eu gostaria de manifestar minha alegria e gratidão em participar deste grupo.
O exame de faixa sempre é uma experiência única de aprendizado e consciência.

Agradeço ao nosso sensei pela dedicação, paciência, disciplina, competência, atenção e espírito de amizade com que tem conduzido nossa caminhada.
Muito obrigado, sensei!

Júlio, muito obrigado pela disponibilidade em ter sido uke.
Sem você, o exame provavelmente não teria acontecido…

Ao Luiz, pelas fotos.
Ficaram muito boas. Mesmo aquela em que está registrada a surra que eu levei!

Ao Marcos Bantel, pela grata presença e surpresa de sua participação.

Ao Tharcílio e Pedro, pela parceria e pelos treinamentos.
Tenho aprendido muito com vocês.

E a cada um de vocês pela companhia, dedicação e incentivo.
Meu muito obrigado!

Um grande abraço a todos,

Daniel

Publicado em Depoimentos | Marcado com , | Deixe um comentário

Vigia teus pensamentos…


Um velho cacique de uma tribo estava tendo uma conversa acerca da vida com seus netos.

Disse-lhes: “Uma grande luta está ocorrendo em meu interior e é entre dois lobos. Um dos lobos representa a maldade, o temor, a raiva, a inveja, a dor, o rancor, a avareza, a arrogância, a culpa, o ressentimento, a inferioridade, a mentira, o orgulho, a competição e a superioridade. O outro, a bondade, a alegria, a paz, o amor, a esperança, a serenidade, a humildade, a doçura, a generosidade, a benevolência, a amizade, a verdade, a compaixão e a fé. Esta mesma luta está ocorrendo dentro de vocês e dentro de todos os seres da terra.”

Pensaram por um minuto e um dos meninos perguntou a seu avô: “Avô, me responda: qual dos dois lobos ganhará ? E o velho cacique respondeu simplesmente: “AQUELE QUE ALIMENTES.”

“Vigia teus pensamentos, pois estes se convertem em palavras; vigia tuas palavras, pois estas se convertem em ações; vigia tuas ações, pois estas se convertem em hábitos; vigia teus hábitos, pois estes conformam teu caráter; vigia teu caráter, pois este se converte em teu destino.”

Publicado em Pensamentos | 1 Comentário

Aikido e a virtude prudência


Ser prudente significa pensar sobre as consequências de nossos atos antes de realizá-los e moldá-los conforme esses pensamentos, buscando evitar prejuízos, danos, perdas a si mesmo ou a outrem.

Quem não ouviu pai ou mãe falar: “Filho, quando for atravessar a rua, olhe para os dois lados’; “Filha, não fale com estranhos na rua”; e por aí afora. Em outras palavras, “Filho/a, seja prudente!”.

Mas, a verdade é que não precisamos ser prudentes para realizar a maioria dos nossos atos. Basta saber como fazê-los, e, como se diz por aí, aguentar as consequências. Para piorar, ser prudente é um hábito que se adquire com experiências próprias ou pela educação que recebemos e influências do ambiente social. Não nascemos prudentes.

Na prática do Aikido, ressaltamos a importância da proteção do corpo quando recebemos ou aplicamos uma técnica. Quando somos projetados, por exemplo, evitamos submetê-lo a qualquer tipo de impacto com o tatame, pois sabemos que, se assim o fizermos, as lesões virão no curto, médio ou longo prazos. Quando aplicamos uma técnica, seja uma projeção, imobilização ou torção, nos importamos com a integridade física do parceiro. Assim, aprendemos a conhecer nosso corpo, seus pontos frágeis e fortes, suas articulações, seus limites e a praticar a melhor forma de protegê-lo em nossa prática. Em outras palavras, praticamos e aprendemos “ser prudente”.

Como resultado, levamos esse conhecimento transformado em hábito para nosso dia-a-dia, tornando-nos pessoas mais seguras e responsáveis conosco e com os que nos cercam.

Publicado em Benefícios da prática | Deixe um comentário

Aihanmi Katatetori Shihonage Omote – Donovan Sensei


Notas:
1) Quando a técnica é realizada a partir de posição estática, nague deve mover-se primeiro. Quando uke já está em movimento, nague pode aproveitar essa movimentação para realizar a técnica.

2) A técnica deve refletir sobre todo o corpo de uke, evitando que este faça o shihonage.

3) Nague deve estar em posição protegida, fora do foco de ataque de uke.

4) Uke deve colar seu rosto em sua mão para proteger a articulação do pulso ao ser projetado.

5) Nague deve projetar uke até que o dorso da mão deste toque o tatame.

6) Nague deve manter postura ereta ao projetar uke, evitando sacrificar sua coluna e favorecer uma estrutura equilibrada de seu corpo.

Publicado em Técnicas | Deixe um comentário

Aikido e seus benefícios. Depoimento


Segue depoimento exibido em http://newcastleaikido.com/?p=257

Our 11-year-old son has been learning Aikido at Newcastle Aikikai for about two years and he loves it! In this practice, as well as developing his physical fitness, he is also learning skills such as discipline, self-control, self-defence, self-awareness and focus, which follow through to his other activities and schoolwork.

Tradução:
Nosso filho de 11 anos treina Aikido na academia de Newcastle por aproximadamente dois anos e ama as aulas. Nos treinos, da mesma forma que desenvolve sua capacidade física, ele também aprende habilidades como disciplina, auto-controle, auto-defesa e concentração, que leva para suas outras atividades na escola.

Aikido – ESEXA
Venha conhecer e se surpreender.

Publicado em Depoimentos | Deixe um comentário

Os que ignoram as condições geográficas…


“Os que ignoram as condições geográficas – montanhas e florestas – desfiladeiros perigosos, pântanos e lamaçais – não podem conduzir a marcha de um exército.” – Sun Tzu

Na vida, para sermos vitoriosos, precisamos alargar nossa visão das variáveis que farão parte de nossa caminhada, percebendo os fatores que favorecem, alinhando-os a nosso favor, e os que desfavorecem, neutralizando seus efeitos nocivos.

Publicado em Pensamentos | Deixe um comentário

Não dê bobeira parado dentro do carro.


Dica de defesa urbana:

Se for esperar alguém em um estacionamento ou em frente a uma loja ou prédio, fique fora e afastado de seu carro e leve a chave com você. Se não puder parar o carro, fique bem atento ou, ainda melhor, dê uma volta no quarteirão.

Publicado em Defesa urbana | Deixe um comentário